Do ressentimento ao perdão

O perdão mútuo deve ser uma marca da igreja. O cristão deve ser aquele que perdoa.[2] Nem mesmo a adoração é possível se não houver perdão (Mt 5). Mas falar é bem mais fácil que fazer. Um dos principais empecilhos para o perdão mútuo é o ressentimento. O ressentimento é aquilo que acontece quando nos recusamos a nos reconciliar, quando deixamos a ira contra o irmão apodrecer no coração, e se manifestar em atitudes pecaminosas. O que devemos fazer quando estamos amargurados, magoados com alguém? E como nós podemos nos ir do ressentimento ao perdão?

Continue lendo “Do ressentimento ao perdão”